Sobre pesquisa e outras infâmias

Diário de campo de dois espectadores e um pródigo bucaneiro.

sábado, novembro 01, 2008

Dez aforismos

1. Uma educação construída com olhares severos também é muito perniciosa;

2. Trocar o ócio pelo zelo é a mesma coisa que vender a pérola do coração;

3. É bom banhar nossos cavalos para a grandeza de Deus (San Ignácio de Loyola) e não somente por que estão sujos (Don Quijote);

4. Não olhes para teu filho (ou semelhante) como quem olha um canivete suíço;

5. Se tens a profissão de levar mulas para o rio, pelo menos sub-contrata aquele que há de obrigá-las a tomar água;

6. Oferece todos os dias uma víscera ao corvo que crias. Porém, lembra que o que ele deseja mesmo é o brilho dos teus olhos;

7. A potencia que a vida pede para ser vivida é infinitamente superior ao chamado “instinto de conservação” (Nietzsche);

8. Que a objetividade não te engane: a etnografia que fazes sobre o mundo é também tua opinião sobre o mundo;

9. Para que procurar a verdade a todo preço? (Nietzsche)

10. Uma mulher inteligente, bem humorada, e com belas costas é uma lareira com lenhos verdes que prolonga nossa agonia enquanto nela ardemos;

Bons sonhos

Eladio Oduber

Conferir qualquer livro do Gustavo Bueno (filósofo espanhol), Federico Andahazi (romancista argentino) e Frederich Nietzsche.

7 Comments:

Blogger Bruno Jorge said...

fiquei muito tocado ao ler " Para que procurar a verdade a todo preço? (Nietzsche)". Fiquei pensando na força empregada e no tempo gasto. Um abraço de bruno.

7:18 PM  
Blogger adalberto müller said...

eladio, gostei de mulheres de costas belas, de cavalos e canivetes. quando vamos a charlar, catulo?

1:39 AM  
Anonymous Tâmara said...

que bela oportunidade de reflexão. obrigada, e como já disse: não deixe de escrever!

9:41 AM  
Anonymous LM said...

que bom ler coisas escritas por você...e realmente não deixe de escrever

12:22 PM  
Anonymous LM said...

...e também não deixe de pintar.
Bj

4:16 PM  
Anonymous Carlos Mendonça said...

Jogar milho aos pombos, onde fui amarrar meu burro?

Só para não ficar calado.

12:49 AM  
Anonymous Anônimo said...

Caros amigo e amiga (صديقي العزيز وصديق) spectares, saboreei os dez aforismos e, com perdão da expressão (العفو عن التعبير), cuspi a seguinte síntese:

"Uma educação constuída pelo ócio é a grandeza de Deus como um canivete suíço. Dela eis que surge uma profissão sub-contratada pelo instinto de conservação: a etnografia de todo preço da verdade dos corvos. Algo que nenhuma mulher inteligente e de belas costas deseja arder em bons sonhos."

Ma'a-salama
أحلام حلوة

9:23 PM  

Postar um comentário

<< Home